Pequenas mudanças na dieta aumentam a expectativa de vida

Não é preciso seguir dietas complicadas para viver mais. Segundo um novo estudo, publicado na quarta-feira no periódico científico New England Journal of Medicine, pequenas mudanças nos hábitos alimentares são suficientes para aumentar significativamente a expectativa de vida. A pesquisa mostrou que melhorar a dieta aos poucos pode reduzir as taxas de mortalidade por doenças cardiovasculares e ...

O tabagismo no mundo e no brasil

O tabagismo, dentre todos os fatores ambientais do século, certamente representa o mais vil e ameaçador de todos, representando o maior fator de risco para o desenvolvimento de tumores malignos (um terço de todos os casos), doenças pulmonares, doenças cardiovasculares, doenças cerebrais entre outras. Calcula-se que 100 milhões de mortes foram causadas pelo tabaco no século XX segundo dados da ...

Batata frita dobra o risco de morrer

Quantas vezes por semana você consome batata frita? De acordo com estudo publicado no periódico científico American Journal of Clinical Nutrition, quem as come mais de duas vezes por semana corre um risco de morrer duas vezes maior do que aqueles que consomem menor quantidade do alimento. É preciso ressaltar que isso não significa que a batata frita pode ...

Atrasar horário das refeições altera o ‘relógio’ do corpo, mostra estudo

O corpo humano funciona seguindo o ciclo de um dia, 24 horas. Para isso, tem diversos relógios internos ajustados a um relógio mestre, localizado no cérebro. Sabe-se da influência da luz nesses sistemas reguladores. Agora, cientistas britânicos descobriram que alterações nos horários das refeições também podem desritmá-los. Em um estudo conduzido com adultos jovens, pesquisadores ...